Em parceria com a Smiths Detection, empresa mostrou soluções para inspeção não-invasiva de alta precisão nos três dias de evento

Presente na Intermodal 2024 em parceria com a fabricante Smiths Detection, a Aerotech do Brasil prospecta excelentes oportunidades de negócios para o pós-feira, com base na alta qualidade do público visitante e no networking realizado ao longo do evento.

“Foram dias de intensas reuniões, durante as quais apresentamos nossas inovações em inspeção não-invasiva de carga tanto para o segmento aeroportuário como portuário.  Neste último, o desafio é urgente considerando que a regulamentação estabelece prazo para renovar os scanners de contêineres até 30 junho de 2025.”, salientou Marcelo Puig, diretor comercial da Aerotech Brasil.

Entre as tecnologias apresentadas pela Aerotech na feira estiveram o modelo de scanner de contêineres HCVP-Z60-DM (portal fixo) e o sistema de scanner para cargas em paletes Hi-Scan 180180-2is Pro.

O HCVP-Z60-DM foi criado para aperfeiçoar a segurança em inspeção não-invasiva de cargas em contêineres, com módulo de inteligência artificial reduzindo drasticamente a necessidade de se recorrer a processos manuais para verificação de cargas conteinerizadas, permitindo rapidamente, e com precisão, identificar objetos e substâncias ilegais, perigosas ou facilitando a declaração de conformidade aduaneira.

Oferece sistema de imagem de alta qualidade e definição por meio de uma radioscopia ultradetalhada, diferenciando substâncias orgânicas e inorgânicas. Opções adicionais (HCVP-360) incluem integração com a tecnologia backscatter, fornecendo quatro visualizações de imagem diferentes (vistas laterais, superior e inferior) para dar ao usuário uma visão geral completa do veículo ou contêiner que está sob inspeção. Aproveitando o poder da tecnologia retroespalhamento, os sistemas de inspeção de cargas e veículos podem revelar com precisão pequenas quantidades de contrabando oculto, como narcóticos.

O outro equipamento consolidado no mercado é o Hi-Scan 180180-2is Pro, especialmente construído para processos de inspeção em larga escala de paletes com até 1,80×1,80 metros, e contêineres de carga aérea LD-3 com pesos de até 5.000 kg. Tendo por base um sistema duplo de inspeção e visualização, oferece dois padrões de visão independentes, permitindo obter uma visualização precisa e confiável. Graças a dois poderosos geradores de 300 kV, pode penetrar até mesmo em superfícies largas e densas, agilizando a inspeção e minimizando erros e retrabalhos. É especialmente indicado para a indústria de carga aérea e portuária­­­­­.

“Neste momento de intensa renovação tecnológica nas áreas de inspeção portuária e aeroviária, nossa participação na Intermodal nos permitiu consolidar como um dos principais players do mercado”, disse Heverton Majczak, diretor geral da Aerotech do Brasil.

Para Germán Castro, gerente de desenvolvimento de negócios da Smiths Detection, demandas criadas pelas novas regulamentações do setor tendem a impulsionar as oportunidades de negócios, como ficou visível nos três dias de Intermodal.

«As conversas que tivemos na Intermodal com vários dos nossos clientes e prospects, confirmam a grande necessidade de atendimento das regulamentações locais, suportadas de perto pelos fornecedores locais, sobretudo com um olhar tecnológico de longo prazo. Felizmente, posso afirmar que junto com a Aerotech estamos alinhados nesse sentido», frisou.

Sobre a Aerotech

Fundada no Chile em 1959, a  partir do ano 2000, ampliou seu portfólio com a venda de equipamentos de detecção de narcóticos, explosivos e inspeção de cargas da marca Smiths Detection, expandindo para além do mercado aeroportuário, abrangendo segmentos como governo, portos e fronteiras, além da indústria de alimentos e bebidas. Em 2016, o já Grupo Aerotech assume no Brasil os negócios e a estrutura da Smiths Detection, tornando-se seu representante, e começa sua história de forte expansão no país, com a introdução de novas marcas líderes internacionais e que complementam sua vocação de entregar as soluções mais inovadoras na inspeção e detecção de ameaças físicas e biológicas, bem como na prevenção de perdas geradas por furtos e contrabando, tudo apoiado por uma ampla rede serviços. Desde 2022, o Grupo expande sua presença regional para Canadá, América Central e Caribe por meio de parceiros locais.